[COMIC REVIEW] MAUS

| |


Sinopse: Maus ("rato", em alemão) é a história de Vladek Spiegelman, judeu polonês que sobreviveu ao campo de concentração de Auschwitz, narrada por ele próprio ao filho Art. O livro é considerado um clássico contemporâneo das histórias em quadrinhos. Foi publicado em duas partes, a primeira em 1986 e a segunda em 1991. No ano seguinte, o livro ganhou o prestigioso Prêmio Pulitzer de literatura.


Existem muitos e muitos relatos sobre a Segunda Guerra Mundial, um acontecimento tão pavoroso que a sombra de muitos daqueles acontecimentos nos assombram até hoje, mas poucos são aqueles que recebem destaque por se diferenciarem dos demais em alguns aspectos, Maus é um desses, a controversa obra de Art Spiegelman é chocante, mas levanta alguns pontos interessantes.
Logo de primeira o que chama mais a atenção é a caracterização que o autor escolheu para os personagens, ratos, gatos e cães entre outros animais, o modo como os ratos (que representam os judeus no livro) colocam mascaras de outros animais quando estão se tentando passar por outras pessoas, tudo isso é muito interessante e ajuda a entender o pensamento que estava em alta na Alemanha nazista.


Mas não se engane que por usar animais e o traço ser mais cartoon que por isso o autor deixou a mão leve na hora de contar as atrocidades que aconteciam em Auschwitz, muitas das vezes eu parei a leitura tamanha a revolta causada pelo que se lê, o retrato é extremamente cru, e não poupa nenhum detalhe sórdido.
Um dos pontos que achei interessante foi a opção de mostrar o protagonista, pai do autor, sem nenhum filtro, em muitos momentos o personagem toma decisões horríveis e que irritam, e acredite ou não o protagonista é extremamente intolerante e racista, o que levanta um debate silencioso bem interessante no decorrer das páginas. É interessante também como o autor mostra os efeitos que toda aquela tragédia afetou a vida toda de seu pai.
Maus é uma leitura obrigatória, um retrato fiel de como a intolerância pode acabar com a nossa sociedade e transformar pessoas em animais, muito mais do que um retrato histórico, Maus é uma discussão aberta sobre familia, preconceito e politica, relevante para todos .

NOTA: 5/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário



ÚLTIMAS RESENHAS