[BOOK REVIEW] MÁQUINA DE ARMAS POR WARREN ELLIS

| |

Sinopse: Após um tiroteio custar a vida de seu parceiro, o detetive John Tallow acaba descobrindo um apartamento repleto de armas. Cada uma delas conduz a um diferente caso de assassinato não resolvido pela polícia. Por vinte anos ou mais, alguém esteve matando pessoas e juntando as armas por um propósito inexplicável. Confrontado com a inesperada emergência de centenas de homicídios não resolvidos, Tallow logo descobre que está sendo irremediavelmente conduzido a um verdadeiro acordo com o diabo. Agora, o detetive deve procurar por um caçador que considera seus atos assassinos como um sacrifício para os velhos deuses de Manhattan e que pode, simplesmente, ser o mais prolífico serial killer da história da cidade de Nova York.



O nome de Warren Ellis não me é estranho, sua HQ Transmetropolitan é uma das minhas favoritas de todos os tempos, então quando achei esse livro no sebo eu comprei ele e já fui lendo no caminho de casa tamanha a minha ansiedade com esse livro. Máquina de Armas se revelou um dos melhores livros de investigação policial que li nos últimos tempos.
A escrita de Warren é descritiva na quantidade certa, sem ser arrastada mas também sem fazer com que sinta falta de detalhes, e o modo como ele descreve o antagonista e sua doença mental é fascinante, eu nunca tinha lido nada parecido, apenas visto algo do tipo em alguns episódios de Hannibal, e ficou muito bom essa ideia do personagem estar preso num mundo entre o passado e o futuro.
Os demais protagonistas dos livros também são interessante, Warren Ellis aliás é um dos poucos que entende o que a representatividade da comunidade LGBT realmente significa, ele cria uma personagem lésbica no decorrer das páginas que é realmente interessante e completamente realista, coisa que a maioria dos que estão tentando lidar com essa história de representatividade não estão conseguindo fazer.
A escrita do autor é daquelas que consegue prender bem a atenção e faz você acabar o livro sem nem ver, daquelas que dificilmente vão causar alguma ressaca literária. O único problema do livro é que muito da história é baseado nos bairros e na história de Nova York, o que faz você ficar perdido às vezes, mas para a nossa sorte as informações primordiais para a história o autor inseriu nas páginas o que nos deixa um pouco mais orientados.
Enfim, Máquina de Armas é um desses livros que merecia ter mais destaque mas infelizmente esta abandonado por ai em alguma estante de livraria ou de sebo, apenas esperando você dar uma chance a ele, e acredite, essa chance vai valer a pena.

NOTA: 4.5/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário



ÚLTIMAS RESENHAS