[BOOK REVIEW] ENGAME: O CHAMADO POR JAMES FREY E NILS JOHNSON-SHELTON

| |

Sinopse: A história começa há doze mil anos, quando seres poderosos desceram do céu entre fumaça e fogo e criaram a humanidade, deixando-nos regras segundo as quais viver. Precisavam de ouro, e, para extraí-lo, instalaram aqui as doze linhagens que deram origem às nossas antigas civilizações. Quando conseguiram o que queriam, foram embora. Mas avisaram que um dia retornariam e que, quando isso acontecesse, seria para o Jogo. O Jogo que determinaria nosso futuro. Os Jogadores terão que achar três chaves, que estão espalhadas pelo planeta. Quem achá-las primeiro ganha. Endgame: O Chamado acompanha a busca dos doze Jogadores pela primeira chave.


Endgame é um livro que logo chama a atenção pela sinopse, com ares de conspiração e Jogos Vorazes o livro é cheio de enigmas que aguçam a mente, mas alguns problemas durante a execução da ideia tornam a leitura menos brilhante do que deveria ser.
Logo de cara somos atingidos por dezenas de informações que nos desnorteiam e acabam por aguçar e muito a nossa curiosidade, os personagens psicopatas e toda essa história de linhagem de sangue e mistérios nos fazem delirar, nisso o livro é um sucesso, a curiosidade é tanta que é quase impossível largar o livro e é uma tortura ser obrigado a parar já que você quer muito saber o que vai acontecer, só por isso o livro já vale e muito a experiência.
Porém nem tudo são flores em Endgame, e a maior parte do problema vem da escrita do autor, se a história não fosse realmente tão interessante ficaria difícil se quer pensar em terminar o livro, a escrita é bem precária, carece de descrições e é um tanto quanto robotizada e com um estilo repetitivo, o que causa uma certa estranheza do início ao fim e me desanimou um pouco em certas partes.
O livro como se trata de um dos que surgiram da sombra da fama de Jogos Vorazes não consegue fugir dos clichês desses livros de jogos de sobrevivência que vem se tornando mais comuns, triângulos amorosos e romances são os clichês que marcam presença, mas o autor não consegue muito bem descrever essas cenas onde o romance ou até mesmo erotismo está presente, o que torna essas cenas insossas e tediosas.
Mas apesar de tudo o livro me deu sim vontade de saber o que vem por aí, Endgame: O Chamado é o primeiro de uma trilogia que já tem seu ultimo livro publicado e que com certeza vai figurar entre as minhas próximas leituras.

NOTA: 4/5

Nenhum comentário:

Postar um comentário



ÚLTIMAS RESENHAS